Conheça a trajetória de Andy Murray no tênis

Imagem: Google

O talento que vem de berço

Andrew Murray, mais conhecido pelo apelido Andy, nasceu em 15 de maio de 1987, na cidade de Dunblane, na Escócia. Nascido em uma família de atletas, Andy Murray, entrou para fazer história no mundo do tênis. O seu talento já vem desde cedo. Pois, a sua mãe, Judith Murray ou “Judy”, é ex-tenista e treinadora de tênis.
Os irmãos, Andy e Jamie Murray, herdaram o talento e o gosto pelo tênis da mãe. Judy se diz muito orgulhosa pelos filhos terem seguido os seus passos.

A tragédia de Dumblane

Era 13 de março, do ano de 1996, quando Andy presenciou o seu pior trauma de infância. As turmas de Andy e Jamie estavam indo em direção ao ginásio, quando ouviram os primeiros tiros vindos do ginásio de esportes.
O ex-lider dos escoteiros, Thomas Hamilton, de 43 anos, invadiu o ginásio de esportes e começou a atirar contra as pessoas que ali estavam. Então, ele e seu irmão correram para se esconder dos tiros, se esconderam atrás da mesa do diretor e ficaram ali até que os tiros cessassem.
Hamilton matou 16 crianças entre 6 e 8 anos e a professora que estava dando aula no ginásio. E logo em seguida, ele mesmo tirou a própria vida. Andy conta que conhecia o atirador, e que constantemente a sua mãe dava carona para ele. E esse seria um dos motivos, por não gostar de lembrar o massacre de Dumblane. Depois desse acontecimento, o Reino Unido, aprovou uma lei que proíbe o porte de armas no estado.

A troca dos técnicos

Por ter uma grande influência pela mãe, Andy, decidiu que gostaria que tivesse uma treinadora mulher. Com isso, ele quebrou muitas barreiras e preconceitos que as mulheres sofrem. Pois, muitas pessoas pensam que as mulheres não podem ser treinadoras de atividades esportivas.
Ele contratou a francesa, Amélie Mauresmo para então, ser a sua técnica. Para ele, não importa se a seu treinador fosse homem ou até mesmo mulher. O que importa mesmo, é que entenda de jogadas de tênis e que conheça um pouco das jogadas de seus adversários.
Em 2016, Andy dispensou a francesa Amélie. Devido ao fato de ter perdido três finais na Grand Slam, para o sérvio Novak Djokovic. No mesmo ano, Andy, chamou o técnico Ivan Lendl, para treiná-lo. Ele já havia trabalhado com Murray, por dois anos, no ano de 2012 a 2014. Período curto, porém ganhou muitas competições. Sendo que em 2012, ele foi o primeiro tenista masculino que ganhou uma medalha de ouro olímpica e o Grand Slam do U.S Open.

Suas conquistas

Neste ano, o tenista conseguiu vencer por 2 sets a 0, parcial de 6/3 a 6/7, o Novak Djokovic. E com isso, pela primeira vez ele se tornou um campeão do campeonato do ATP Finals.
Com apenas 29 anos, Andy Murray, é considerado como um dos melhores tenistas do mundo. Ele foi bicampeão olímpico no Rio de Janeiro, e também levou o bicampeonato do Grand Slam, na Wimbledon.
Imagem: Google

Publicado por Angel Witt

Sou formada em Jornalismo pela Universidade Feevale. Sou uma eterna apaixonada pelo jornalismo. Algumas pessoas dizem que sou louca por correr atrás dos meus sonhos. Como diria Augusto Cury, no seu livro: " De gênio e louco, todo mundo tem um pouco".

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: