Vender carro financiado e registrar em cartório é seguro?

O primeiro carro na vida de alguém é inesquecível. Depois, de tanto sonhar com o dia que estaria com o carro novo na garagem, você consegue realizar. Mesmo seja um carro financiado. É uma grande satisfação, sentir que você conseguiu atingir os seus objetivos.
Depois de algum tempo, a família cresce, e você se vê obrigado a trocar de carro. Um automóvel mais espaçoso, com ar condicionado, air-bags, vidros elétricos e todas as outras comodidades que você almejou ter para o conforto de você e de sua família.

Carro financiado

Hoje em dia, é muito fácil qualquer pessoa ter um carro. No final do segundo semestre, as concessionárias e as revendas começam a fazer as suas promoções de juros zero, mais um pouco de entrada, e depois tem a facilidade de pagar até em 48x e até depois do carnaval, com parcelas que cabem no seu bolso.
Os primeiros meses são uma maravilha, você só precisa se preocupar em colocar gasolina. Mas, devido á crise econômica que está afetando o país, muitas pessoas estão ficando desempregadas, não conseguem arranjar outro trabalho. Consequentemente, ficam sem dinheiro para pagar as contas. Com isso, acabam por ter que vender o carro que acabaram de financiar.

Não entre em uma cilada

Sempre que você for vender o seu automóvel financiado. Você deve prestar muita atenção no contrato que você assinou. Pois, se contratou por alienação fiduciária. Não poderá fazer a transferência até quitar todo o financiamento. Porque o automóvel só passará a ser seu, quando este estiver quitado.
Sempre que você for comprar um carro financiado, é importante que o valor da entrada e das parcelas que você for pagando, faça um registro no cartório, pois, é com esse registro, que você terá as garantias.
Algumas das opções para vender o seu carro financiado é encontrar um comprador que compre a vista o seu automóvel. Pois, só assim você poderá quitar mais cedo o financiamento. É importante que nesse caso, você converse com o seu banco, para que o valor total do financiamento tenha algum desconto, pois, afinal, você irá pagar todo o contrato.

Transferência do veículo financiado

Se você não achar um comprador que pague a vista o seu carro. E, se o comprador de sua confiança estiver disposto a te dar uma entrada e arcar com o restante do financiamento.
É essencial que você siga algumas regras, para que não fique no prejuízo. Se estiver disposto a passar o seu financiamento para o novo comprador. É imprescindível que ele lhe diga, se teria condições para que a transferência no banco seja possível, pois, se não conseguir fazer a transferência o banco irá cobrar essa transação. Mesmo que não for aprovada.
Independentemente de como você for vender o seu veículo usado. É ideal que você venda para uma pessoa de sua confiança. Pois, se esse comprador não pagar as parcelas ou tiver multa, essas dívidas serão enviadas para você pagar. E quando você for transferir o veículo para o seu nome, ou fizer o pagamento, peça para que o vendedor te acompanhe tanto no banco, quanto no cartório, quando você fizer a transferência para o seu nome.

Publicado por Angel Witt

Sou formada em Jornalismo pela Universidade Feevale. Sou uma eterna apaixonada pelo jornalismo. Algumas pessoas dizem que sou louca por correr atrás dos meus sonhos. Como diria Augusto Cury, no seu livro: " De gênio e louco, todo mundo tem um pouco".

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: