Manifestações por um país democrático

O dia 13 de março de 2016, vai ficar marcado na história do Brasil como o dia que o país acordou. Cerca de 257 cidades aderiram ao protesto contra o governo Dilma. De acordo com os dados da polícia militar mais de 3 milhões de pessoas participaram dessa manifestação pelo país, e, conforme os organizadores do evento foram mais de 6 milhões.
Foi uma manifestação pacífica, madura, não teve confronto com a polícia e nem entre os manifestantes. Ficou demonstrado, assim, que o povo brasileiro, apesar de ter opiniões diferentes pode fazer um protesto com respeito ao outro. Nas ruas no Rio Grande do Sul e nos outros estados, se via muito a família reunida, mães com filhos pequenos, pais carregando seus filhos no colo, tudo com muito respeito e civilização.
Nas manifestações anteriores, não estava bem claro porque as pessoas estavam nas ruas, e com essa manifestação do dia 13, mudou completamente esse cenário. Ficou bem claro, que as pessoas sabiam o motivo porque estavam protestando. Alguns dos motivos são que, as pessoas estão cansadas de ver tanta roubalheira na política brasileira. Querem o fim da corrupção, um basta contra o aumento de impostos e de ficar sempre “pagando o pato”. O diferencial desse movimento é que não foi lembrado apenas o partido do PT, mas sim, todos os partidos que têm políticos corruptos. Os manifestantes querem que todos os políticos corruptos sejam condenados. Esse é só o começo de uma revolução na política no Brasil.
No protesto,o juiz Sérgio Moro, recebeu muitas mensagens de apoio pela investigação na Operação “Lava Jato”. Ele, por sua vez, escreveu uma nota que foi publicada no blog da jornalista Cristiana Lôbo, escreveu que ficou tocado pelas mensagens dos manifestantes.
Os brasileiros que vivem no exterior, também, demonstraram o seu apoio ao Brasil. As pessoas saíram de casa com camisetas verde a amarelo, com faixas e cartazes pedindo a saída de Dilma no governo, e a prisão de Lula. As maiores concentrações aconteceram em Nova York, Londres e Lisboa.

Publicado por Angel Witt

Sou formada em Jornalismo pela Universidade Feevale. Sou uma eterna apaixonada pelo jornalismo. Algumas pessoas dizem que sou louca por correr atrás dos meus sonhos. Como diria Augusto Cury, no seu livro: " De gênio e louco, todo mundo tem um pouco".

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: